top of page
  • Adriana Facury

Entre latidos e miaus

Sabem o filme "De Repente 30"?

Nossa história com os bichinhos aqui em casa, é desse modelo: "De Repente, 12!!!" Doze filhinhos de 4 patinhas!!! Parece brincadeira, né? Mas, sim!!! Temos aqui em casa um trança -trança de seres lindos que latem e miam!!! Hoje, são 11 bebês, porque perdemos, em fevereiro de 2020, nosso querido gato Mudinho por uma infecção renal, infelizmente... Como começou essa história? Vou contar pra vocês!!!

Sempre amei os animais, mas nunca quis ter em casa pelo medo da perda...por saber que os bichinhos partem muito cedo... Enfim, era uma decisão do coração...e foi pelo coração também que veio a primeira bebê adotada pela minha filha! A linda doguinha Alaska. Os animais são seres iluminados e nos ajudam na travessia de doenças emocionais. Na verdade, ajudam em qualquer travessia! Infelizmente, em menos de um mês, nossa pequena Alaska partiu por causa da cinomose... Isso aconteceu em abril de 2014...

Falarei sobre essa doença mais à frente para dar um alerta para os papais e mamães de pets...

Com a partida da querida Alaska, falei que nunca mais queria ter um bichinho novamente...foi o "nunca mais" mais curto que já vi na vida!!! Pouco tempo depois, chegou nossa princesa Aisha... Uma poodlezinha que seria abandonada pela tutora... Prefiro não tecer comentários...a Aisha veio para lar temporário em junho de 2014...e o lar temporário virou permanente!!! Que alegria que ela traz pra nós desde então!!! E nossa vida ficou ANIMAL!!! No sentido literal da palavra!!! A partir desse momento, foram chegando nossos outros filhinhos... mas agora eram gatinhos chegando! O Duque, a Anne, o João, a Abigail (Bill), a Luna (essa veio com o forno cheio de pãozinho), o Fumaça, a Alice (filhinha da Luna), a Nina... De repente, mais uma dog, a Lili! Era uma filhotinha magrela, orelhuda, hoje, parece uma bezerrona de tão grande e linda! Depois, chegaram mais 2 gatinhos, o Mudinho e o Chico.

Sabem por que estou contando tudo isso pra vocês? Pra mostrar que é muito possível uma família adotar tantos bichinhos e conviver em casa com eles... Não temos gatil, nem canil... Vivemos todos juntos, tomando todos os cuidados com a higiene da casa... é certo que nossas roupas, nossas móveis, nosso sofá têm uma configuração diferente das casas que não têm bichinhos... Fica tudo ligeiramente peludinho... Dá trabalho? Siiiim!!! É claro que dá!!! Mas vale cada segundo!!! O amor que recebemos é gigantesco!!! Nunca estamos sozinhos!!! Gostam de carinho, colinho, cuidado... Com o tempo, fomos organizando nossa casa para que se sentissem mais confortáveis e nós também tivéssemos nosso espaço preservado... Bem, não muito preservado, mas, pelo menos, um pouquinho!!!

A decoração da casa que tem pets também passa por uma verdadeira transformação!!! Às vezes, nossos pets passam a ser a decoração!!! Ainda irei mostrar em fotos pra vocês!!! A gente aprende a pensar diferente!!! Passamos a ser até mais criativos!!! Nossa decoração merece um capítulo à parte!!! Até mais!!!










8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page